Empresários são alvo de golpe do boleto bancário

O famoso golpe do boleto bancário falso voltou a ser aplicado no Vale do Aço, com foco nos empresários e microempresários. Algumas vezes, as cobranças chegam em nome de associações comerciais e outras instituições que nem sequer existem. É preciso ficar atento para não cair na prática criminosa, alertam entidades do setor.

Os boletos falsos destinados aos comerciantes e prestadores de serviços, geralmente, são enviados pelos Correios e apresentam logomarcas das associações, para dar ares de um documento legal. Outra estratégia adotada para as cobranças aparentarem ser verdadeiras é a utilização de artigos da Constituição Federal, que citam prováveis punições caso o valor cobrado não seja quitado.

Além disso, quase sempre os boletos são enviados já com prazos vencidos ou próximos ao vencimento, na tentativa de pressionar a vítima para o pagamento imediato.

Mesmo não sendo um golpe novo, ele ainda faz muitas vítimas, em especial aos recém-chegados no ramo empresarial, que ainda não possuem experiências com todas as taxas legais existentes. A orientação da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga é que se verifique a origem do boleto antes de efetuar o pagamento.

A gerente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em Ipatinga, Maria Edna, recomenda que em casos suspeitos procure especialistas. “Isto não é algo recente, já existem diversos registros de tentativa do golpe e, recentemente, fomos procurados por alguns associados que receberam estes boletos. Em consulta ao departamento jurídico da ACIAPI-CDL, entendemos que se trata de cobranças fraudulentas, uma vez que o empresário não é associado à entidade cobradora. Caso o associado fique em dúvida procure o seu contador ou um advogado especialista na área”, informa.



Cadastre-se para receber nossas informações

Fique informado sobre notícias, promoções, cursos, eventos, palestras e muito mais...
CADASTRAR
close-link