Preparando seu estoque para as férias escolares: dicas imperdíveis para o comércio mineiro

O mês de julho é sinônimo de férias escolares. Quando a data se aproxima, é certeza que teremos filhos em casa e pais incertos sobre quais atividades realizar no período. Por isso, é preciso buscar alternativas para ocupar este tempo de forma proveitosa e de qualidade. E para essa dúvida, as opções são diversas.

Desde um momento de descanso, até ir às compras e resolver pendências são sempre as escolhas de pais com filhos em período de férias. E isto abre um leque de oportunidades para as vendas no comércio e em outros segmentos.

Para Vinícius Carlos, economista da FCDL-MG, é esperado um aumento de 7,5% no faturamento do comércio mineiro durante este mês de julho. De acordo com o especialista, “a possibilidade de você ter aquele momento em família tem um apelo emocional importante. O consumidor não vai perder a oportunidade de viver o presente. Isso quer dizer que ele equilibrará suas finanças para ser e ficar mais feliz”, diz.

Ou seja, não faltam oportunidades. Pensando nisso, listamos algumas dicas para o comércio ficar de olho nestas férias escolares. Já adiantamos que tem muita coisa boa. Confira aí!

Viagens e turismo
Dentre as possibilidades de atividades para se fazer nas férias, o que vem à mente de início são as viagens. Seja para visitar um parente, conhecer uma nova cidade ou ir àquele descanso merecido, o turismo é o ponto forte das férias escolares.

E quando o turismo se movimenta, o comércio também ganha. A chegada de turistas sempre é a chance de conquistar novos clientes e alavancar suas vendas. E isso independe de segmento.

No entanto, é preciso entender que este é um momento em que os pais estão indo viajar com os filhos (em muitos casos, filhos pequenos). Com isso, muitos precisam ter a tranquilidade para aproveitar o momento e também descansar. Por isso, pense em estratégias para tornar esta experiência agradável para ambos os públicos: pais e filhos.

Para isso, crie formas de recreação e de inserção de crianças nas atividades ou espaços. Seja em hotéis, restaurantes ou em outros locais, é possível desenvolver um planejamento para este público incluindo brincadeiras, contação de histórias, desafios e dinâmicas para prender a atração dos pequenos. E, claro, deixar os papais satisfeitos.

Material escolar em dia
O momento das férias escolares é uma grande chance de colocar os materiais escolares nas de volta às prateleiras e vitrines. Isso, pois o momento também é muito aproveitado pelos pais para repor os materiais para o próximo semestre.

Então, avalie com cuidado seu estoque e veja o que pode ser útil e adequado para o momento de reposição, pensando, principalmente, em itens mais comuns no dia a dia escolar, como lápis, canetas, borracha, apontador, etc.

Atividades extracurriculares
Sabe aquela frase de aproveitar o tempo com atividades de qualidade? Então, este é o momento! Com a rotina corrida durante o semestre escolar, de pais e alunos, muitos não conseguem realizar cursos e outras atividades para além da escola.

Desta forma, há uma grande procura por cursos de idiomas e de tecnologia, oficinas culturais, aulas de esporte (natação, futebol, vôlei, tênis). Por isso, é fundamental estar atento caso o seu negócio siga alguns destes segmentos: pense em um cronograma para o mês e ofereça condições especiais para os clientes.

Comércio em geral
Quando falamos sobre resolver as pendências, ir às compras também está no pacote.

Muitos pais optam por este momento para renovar o guarda-roupa dos filhos ou fazer as vontades dos pequenos. Para isso, é a grande oportunidade do aumento na busca em segmentos como vestuário, calçados e acessórios em geral. Com a oportunidade batendo na porta, é interessante valorizar o estoque infanto-juvenil em sua loja. Além disso, também é muito vantajoso caprichar na decoração para cativar pais e filhos e se destacar. Cores, ilustrações e tendências do momento podem ajudar nesta captação de atenção, por isso, fique atento ao que está no interesse dos pequenos.

Fonte: FCDL Minas Gerais

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil