Estacionamento rotativo beneficiará consumidores e empresariado

O sistema de estacionamento rotativo está em vias de ser implantado na área central de Ipatinga. A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga preveem benefícios tanto para os consumidores quanto para os funcionários e classe empresarial estabelecida no Centro.

Após as demarcações das vagas, a empresa terceirizada Central Park realiza a orientação aos condutores. O sistema deve começar a operar a partir do dia 11 de março. O estacionamento rotativo propiciará o uso democrático das vagas, segundo o presidente da CDL de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga.

“A regulamentação do uso das vagas no Centro de Ipatinga é extremamente necessária, bem como em diversos outros polos comerciais da cidade. O sistema rotativo possibilita que mais pessoas possam usar a mesma vaga ao longo do dia, uma vez que cada veículo poderá ficar estacionado em uma mesma vaga por até duas horas. Além disso, este modelo também coíbe a ação de vendedores ambulantes irregulares, que por vezes utilizam as vagas de estacionamento”, destaca José Carlos.

Os bilhetes do estacionamento rotativo poderão ser adquiridos em estabelecimentos comerciais credenciados, pelo aplicativo ou com os monitores da empresa Central Park. Os valores são: R$1,00 para 30 minutos, R$2,00 para uma hora e R$4,00 para duas horas. O não pagamento pode acarretar em infração de trânsito grave, com multa de R$195,23 e cinco pontos na carteira. O rotativo será cobrado de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h, e aos sábados, de 8h ao 12h.

Estacionamento para mensalista

As entidades ainda dialogam com a Administração de Ipatinga para a implantação de um estacionamento para mensalista, com o objetivo de atender os funcionários, profissionais liberais e empresários que atuam no Centro. Para o presidente da Aciapi Cláudio Zambaldi, esta iniciativa contribuirá ainda mais para a melhoria do trânsito na região central.

“Estamos estudando a possibilidade deste estacionamento voltado para mensalistas, em alguma área do Novo Centro. Com ele, os trabalhadores e empresários desafogariam as ruas do Centro, deixando as vagas mais próximas às lojas destinadas somente aos consumidores. Infelizmente, os estacionamentos particulares não dão conta de suprir toda a demanda”, conclui Cláudio.



Cadastre-se para receber nossas informações

Fique informado sobre notícias, promoções, cursos, eventos, palestras e muito mais...
CADASTRAR
close-link