Vendas de Natal crescem 5% em Ipatinga

As vendas do período natalino movimentaram o comércio da cidade de Ipatinga nas últimas semanas. A estimativa é que o crescimento foi de quase 3% nas vendas a prazo, em relação ao ano passado. A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga avaliam que somando as compras à vista o índice deve chegar a 5%.

Do dia 1 ao dia 20 de dezembro, o SPC de Ipatinga registrou um aumento de 2,87% das consultas em relação ao ano de 2017. Neste mesmo período, foi registrada uma queda de 2,34% de registros de nomes no SPC. Estes dados indicam que um maior volume de vendas a prazo foi feito e menos nomes foram negativados. Para o presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, este é um indicativo do aumento do poder de compra do consumidor.

“Percebemos que mais pessoas compraram a prazo e menos clientes estão com dívidas neste fim de ano. Portanto, isto é um indício de que os consumidores de Ipatinga estão com as finanças mais controladas que no ano anterior e estão mais confiantes em retomar às compras”, destaca o presidente da Aciapi.

Para o presidente da CDL de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, o movimento nos polos comerciais da cidade alcançou as expectativas. “Desde a Black Friday, em novembro, o setor varejista de Ipatinga apresentou um bom fluxo de consumidores. Mais pessoas se sentiram atraídas a irem às ruas. Neste mês de dezembro, em especial as duas últimas semanas foram bem movimentadas. Inclusive, em diálogo com diversos comerciantes, percebemos que o tíquete médio por consumidor teve um leve aumento em comparação com 2017”, salienta José Carlos.

De acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e SPC Brasil, as vendas de Natal teve o melhor desempenho desde 2014. O crescimento das vendas a prazo no país foi de 2,66%. No ano passado, foi registrada alta de 2,13%. Nos anos anteriores, houve uma sequência de quedas: -2,29% (2016), -4,16% (2015) e -8,3% (2014).



Cadastre-se para receber nossas informações

Fique informado sobre notícias, promoções, cursos, eventos, palestras e muito mais...
CADASTRAR
close-link